NOTÍCIAS


PF mira em grupo investigado pela vende ilegal de vinhos argentinos e celulares pela internet em SC


A Polícia Federal de Santa Catarina deflagrou nesta quarta-feira (3) uma operação para desarticular um grupo apontado pela venda ilegal de vinhos argentinos e produtos eletrônicos, principalmente celulares, pela internet.

Notas fiscais emitidas entre 2017 e 2019 mostram negociações superiores a R$ 24 milhões em vendas na fronteira entre o Brasil e a Argentina.

Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Francisco Beltrão (PR). Segundo a PF, se apurou que um investigado usava uma “empresa fantasma”, localizada em Campo Erê, no Oeste catarinense, para emitir notas fiscais fraudulentas para dar suposta legalidade aos produtos eletrônicos e vinhos introduzidos clandestinamente em território nacional.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal em Chapecó, também no Oeste catarinense. Além dos mandados de busca, a Justiça determinou o bloqueio de valores contas bancárias e aplicações em operações de criptomoedas de três investigados.

Matéria em atualização

Veja mais notícias do estado no g1 SC



Fonte: G1


03/08/2022 – Continental FM

COMPARTILHE

SEGUE A @CONTINENTALFM961

(49) 3347-0131

radiocontinental@outlook.com.br
Rua Pernambuco nº329 – Centro Coronel Freitas – Santa Catarina  CEP:89840-000  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO