NOTÍCIAS


Suspeito de assassinar mãe e filho bebê em SC é investigado por morte de garota de programa, diz polícia


Segundo a investigação, uma mulher foi encontrada morta em uma área de mata em Gaspar, no Vale do Itajaí, em abril deste ano. O homem é o suspeito de ter cometido o crime após passar a noite no motel com a vítima, que é garota de programa.

Jessica e bebê Theo foram encontrados mortos em Blumenau — Foto: Redes Sociais/ Reprodução

Jessica e bebê Theo foram encontrados mortos em Blumenau — Foto: Redes Sociais/ Reprodução

A suspeita é de que Jéssica Mayara Ballock e o filho dela, Théo Pereira, tenham sido assassinados dentro do apartamento em que moravam pelo homem. A polícia foi chamada para ir até o local na manhã de segunda-feira (25) e encontrou os corpos.

O suspeito do duplo assassinato teve a prisão temporária solicitada assim que a Polícia Civil iniciou as investigações. A reportagem tenta encontrar a defesa de Pereira, mas não conseguiu contato até a última atualização deste texto.

“Recebemos a informação que Kelber será encaminhado a Campinas (SP) para participar da audiência de custódia. Posteriormente, ficará na cadeia pública. A partir daí, iremos tratar da possibilidade de ouvi-lo ou trazê-lo a Blumenau”, disse o delegado.

O outro filho do casal, um menino de 1 ano e 10 meses, estava desaparecido, mas foi localizado em Minas Gerais com os avós paternos. A criança está bem, informou a polícia na terça-feira.

As duas vítimas foram encontradas pela polícia com ferimentos na garganta e, segundo o delegado, uma faca com sangue foi estava no apartamento. A Polícia Civil aguarda laudos do Instituto Médico Legal (IML) sobre os corpos.

Principal suspeito pela morte de mãe e bebê em Blumenau é preso

Principal suspeito pela morte de mãe e bebê em Blumenau é preso

Segundo uma amiga da vítima, que prefere não ser identificada, havia sinais suficientes para o relacionamento dos dois ser considerado abusivo, embora a jovem negasse agressões.

O homem possui passagens policiais, já foi detido, mas, segundo delegado, não foi condenado por nenhum crime.

“A Jéssica terminou várias vezes, mas ele sempre voltava prometendo mudança. Acredito que fazia chantagem emocional. Ela era uma moça muito pura, não via maldade e acreditava na mudança”, informou.



Fonte: G1


27/07/2022 – Continental FM

COMPARTILHE

SEGUE A @CONTINENTALFM961

(49) 3347-0131

radiocontinental@outlook.com.br
Rua Pernambuco nº329 – Centro Coronel Freitas – Santa Catarina  CEP:89840-000  

NO AR:
AUTO PROGRAMAÇÃO